Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Comunicação > Conselho Superior define como serão as atividades letivas no 1º semestre de 2021
Início do conteúdo da página

Conselho Superior define como serão as atividades letivas no 1º semestre de 2021

Publicado: Segunda, 01 de Março de 2021, 17h14 | Última atualização em Segunda, 01 de Março de 2021, 17h15

Decisão mantém atividades letivas presenciais suspensas até 30 de junho.

Em reunião nesta sexta-feira (26), o Conselho Superior do Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes) definiu como serão as aulas no primeiro semestre de 2021. A proposta aprovada prevê a manutenção da suspensão das atividades letivas presenciais até 30 de junho de 2021. Acesse a resolução.

Pela minuta aprovada, ao longo desse período, será realizada uma transição da oferta das atividades pedagógicas não presenciais (APNPs) para a estratégia de ensino flexível híbrido. Isso possibilitará um retorno gradual às aulas presenciais, priorizando as atividades práticas e aulas de campo que não tenham condições de serem substituídas por atividades não presenciais.

O planejamento da oferta das atividades presenciais será realizado pelos campi. As atividades realizadas presencialmente deverão observar o limite de estudantes por ambiente, conforme as orientações dos protocolos de retorno do Ifes. A participação nas atividades práticas e aulas de campo será facultativa ao estudante ou seu responsável legal, mediante assinatura de uma declaração de não participação, que estão disponíveis no anexo da resolução.

A decisão do Conselho Superior segue ainda as experiências realizadas por instituições de ensino de todo o mundo, conforme panorama publicado pelo Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif).

Mais informações sobre o retorno gradual e seguro às atividades presenciais
O retorno gradual e seguro às atividades presenciais foi normatizado pelo Ministério da Economia por meio da instrução normativa nº 109/2020 e se aplica a todas as carreiras da administração pública federal. No Ifes a norma foi institucionalizada por meio da Portaria nº 18/2021 e não tem prazo definido para plena implantação, em função da necessidade de se garantirem todos os insumos, logística e sinalizações necessárias ao pleno cumprimento dos protocolos de retorno do Ifes. Além disso, para operacionalização do retorno, deve-se observar semanalmente o Mapa de Risco emitido pelo Governo do Estado para cada localidade.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Reitoria - Ifes.

registrado em:
Fim do conteúdo da página