Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Comunicação > Ifes permanecerá com aulas presenciais suspensas até o dia 17 de abril
Início do conteúdo da página

Ifes permanecerá com aulas presenciais suspensas até o dia 17 de abril

Publicado: Quarta, 01 de Abril de 2020, 17h22 | Última atualização em Quarta, 01 de Abril de 2020, 17h22

Novo prazo foi definido nesta quarta-feira (1º), em reunião do Comitê de Crise da Instituição.

O Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes) permanecerá com as atividades letivas presenciais suspensas até o próximo dia 17 de abril, em razão da pandemia do coronavírus (COVID-19). O novo prazo foi definido nesta quarta-feira (1º), em reunião do Comitê de Crise da Instituição. O grupo tem tomado decisões cautelosas em virtude da possibilidade de mudanças no cenário do Estado e do Brasil em curtos períodos de tempo, a cada 10 ou 15 dias.

O Espírito Santo já alcançou estágio de transmissão comunitária da Covid-19, e com isso entra em alerta vermelho na classificação dos casos de coronavírus.

Comitê decidirá sobre Educação a Distância (EaD)
O Comitê de Crise do Ifes também discutiu sobre possibilidades da utilização de recursos de educação a distância e de tecnologias educacionais como forma de reposição de parte dessas aulas durante o período de isolamento social. Após realizar uma pesquisa com os estudantes, a instituição agora está reunindo informações sobre docentes que já estão aptos para atuarem nessa modalidade.

O Ifes está elaborando uma proposta viável de atuação para este período, que deve ser anunciada após a próxima reunião do Comitê. Conforme já divulgado na última semana, é recomendado que docentes e técnicos administrativos realizem as capacitações específicas para atuação na educação a distância. Há cursos online ofertados pela instituição, disponíveis gratuitamente, em https://mooc.cefor.ifes.edu.br/.

Proposta de ensino híbrido
O Comitê também definiu que, como estratégia para reposição das aulas presenciais após o retorno das aulas, a instituição estudará a proposta de implementar o ensino híbrido. Ou seja, parte dessa reposição acontecerá presencialmente e parte dela de forma virtual, por meio da educação a distância. Por isso, é importante que os professores utilizem esse período de suspensão de aulas presenciais para se capacitarem e, na medida do possível, iniciarem o planejamento das aulas e dos recursos educacionais necessários. Nesta proposta, os alunos sem acesso à Internet em suas residências poderão fazer uso nos laboratórios e bibliotecas dos campi.

Pesquisa com estudantes
O resultado preliminar da pesquisa sobre Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) para os alunos de todos os níveis do Ifes, que teve a participação de 9717 estudantes, demonstra um público bastante heterogêneo no que se refere a acesso à internet, seja por meio de computador ou smartphone.

Também, foi constatado que alguns alunos são favoráveis a substituição das aulas presenciais por aulas na modalidade a distância (51,5%), outros se preocupam com a qualidade dos cursos nesta modalidade e não são favoráveis (31,7%) e ainda, há aqueles que desconhecem a modalidade a distância (16,8%).

Os resultados da pesquisa não são conclusivos para a tomada de decisões. Entretanto, o Ifes continua avaliando todas as possibilidades caso seja necessária a manutenção da suspensão das aulas por um longo período de tempo. A Instituição realizará uma análise estatística da pesquisa e fará a divulgação em breve.

registrado em:
Fim do conteúdo da página